Mensagem das autoras

Bem vindos ao blogue.
Esperamos que encontrem por cá ajuda para os vossos problemas ou para resolver as vossas curiosidades.
Caso não encontrem respostas às vossas dúvidas, não hesitem em escrevê-la num comentário, na Cbox ou num e-mail.
Apesar de termos alguns conhecimentos de saúde, não somos veterinárias e não sabemos diagnosticar os vossos coelhos, assim como não compactuamos com negligência. Casos de doença são para os veterinários.
Não pretendemos afirmar-nos como autoridades, mas sim facultar um local onde se possa aprender um pouco mais.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Bimbol, o fugitivo

"Olá Ana e Marta,
Tenho muito a agradecer as autoras do Blog por tantas informações, pela iniciativa, por doarem de seu tempo para esclarecer tantas duvidas de criadores de coelhos como eu. No inicio do ano passado, descobri que a coelha de minha vizinha tinha dado a luz a três lindos coelhinhos e os escondido em uma toca subterrânea aos fundos de minha casa, aqui no Brasil. Entre eles havia um lindo coelho cinza de olhos claros, com traços muito parecidos ao do famoso “Coelho Pernalonga”. Apaixonei-me logo quando o vi tentando se esconder na toca, com poucos dias de vida e cerca de dez centímetros. O chamei de BIMBOL e logo cuidei para que fosse protegido contra possíveis predadores. Ao tempo que crescia Bimbol se mostrava muito amoroso, levado e brincalhão. Mas com o tempo ele não conseguia se dar bem com seu irmão mais velho devido a constantes disputas de território. Bimbol acabou fugindo do pomar onde moro. Quase enlouquece! Meses se passaram até que meu pai o avistou em uma região próxima, com muita mata. Bimbol havia fugido para lá e estava agora se comportando como um coelho selvagem. Nada e ninguém conseguia se aproximar dele. Até que eu mesma fui até lá. Levei as frutas e brinquedos que ele mais gostava. E no meio da mata o chamei, chamei, chamei... "Quando estava quase desistindo achando que nunca reconheceria seu nome e minha voz, vi algo correndo pelo mato em minha direção. Fiquei assustada até que enfim ele apareceu. Estava emocionada ao ver novamente meu coelho e por saber que depois de tanto tempo ele havia me reconhecido e ainda confiava em mim. Era época de seca na região, e ele estava muito magro, extremamente faminto, seu pelo estava sujo, seus dentes superiores haviam crescido demasiadamente, os dentes inferiores caíram e estava repleto de pulgas. Logo procurei alimentá-lo, o levei para casa e deixei em uma gaiola para observação. As informações contidas no site sobre banho, corte dos dentes, pulgas, e outras me ajudaram grandemente no enorme desafio de cuidar dele depois do que aconteceu. Passei horas retirando espinhos de seu pelo. Foi muito trabalhoso mais valeu à pena. Hoje Bimbol está fofinho, limpo, saudável, brincalhão e ainda mais incrível é que ele e seu irmão são muito amigos agora. Depois de muitas conversas e pequenas aproximações, eles se deram bem, gostam de brincar juntos e não mais disputam territórios. Quando solto Bimbol sempre vem ao meu encontro, correndo em volta de mim com pulos, balançando as orelhas. Sinto que ele agradece por cuidar dele, por todo o esforço e dedicação.
Parabéns pelo dois anos de Blog.
Continuem com esta iniciativa.
Obrigada por tudo.
Lindabelma Moreira."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui as suas dúvidas, comentários, opiniões e temas que quer ver tratados. A sua opinião conta.

LinkWithin