Mensagem das autoras

Bem vindos ao blogue.
Esperamos que encontrem por cá ajuda para os vossos problemas ou para resolver as vossas curiosidades.
Caso não encontrem respostas às vossas dúvidas, não hesitem em escrevê-la num comentário, na Cbox ou num e-mail.
Apesar de termos alguns conhecimentos de saúde, não somos veterinárias e não sabemos diagnosticar os vossos coelhos, assim como não compactuamos com negligência. Casos de doença são para os veterinários.
Não pretendemos afirmar-nos como autoridades, mas sim facultar um local onde se possa aprender um pouco mais.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Harry


História do Harry

Um dia fui com meu namorado comprar medicamento para o meu cachorro em um supermercado animal perto de casa, passando pela área de animais a venda me deparei com um coelhinho pequeno e descabelado que me encantou na hora! Ele era tão diferente dos outros coelhos e tão engraçadinho que me deu vontade de leva-lo, ainda mais quando ele veio em minha direção e ficou me olhando, mesmo não sabendo se era macho ou fêmea o nome já tinha me vindo a mente: Harry! Meu namorado achou que era uma má idéia pois eu não conhecia nada de coelhos, então acabei deixando para lá.

Na semana seguinte fui levar meu cachorro no veterinário lá para operar, e o coelho descabelado continuava lá, e me olhou nos olhos novamente, mostrei para a minha mãe que também o achou uma graça, então fiquei decidida que o levaria para casa, não pude leva-lo naquele momento pois ainda tinha meu cachorro recém operado para levar para casa, isso era na quarta-feira. Então pesquisei para saber o que era cuidar de um coelho, e foi ai que descobri da existência das raças anãs.

Na sexta meu namorado concordou em me levar para compra-lo e acabou que a família dele foi conosco, pai, mae, irmao, sobrinha...todo mundo para ver o novo membro da família. Fiquei com medo de que ele não estivesse mais lá, mas aquele peludo descabelado ainda estava, lindinho como sempre e todos também ficaram encantados com o pequeno. Meu namorado perguntou se eu não preferia comprar um mais novo, pois o vendedor informou que aquele deveria ter de 5 a 8 meses já, fiquei um pouco na dúvida, pois queria que ele se acostumasse bem comigo, mas não podia fazer isso com o "Harry" pois pensava que seria mais dificil a loja vende-lo pela idade, e quando descobri que era um macho mesmo, o nome servia perfeitamente, era para ser! O levamos para casa, e ele chegou muito assustado, não queria muito papo, mas com o tempo ele foi se acostumando comigo.

Fazem apenas 12 dias que ele está em casa, mas já é meu filhote, fica no meu pé me cheirando quando é a hora de brincar, ele é um amorzinho, ainda fica um pouco assustado, e não quer nem pensar em colo, acho que com o tempo mais tempo ele pode acostumar, mas com certeza já conquistou a mamãe =)

Ah, somos de São Paulo, Brasil!

Ass: Harry e Natasha

4 comentários:

  1. O Harry é lindo lindo! Tem aí um arraçadinho de lionhead bem bonito!

    ResponderExcluir
  2. Isso quer dizer sem raça definida? hehehe

    Bom, obrigada mesmo assim =)

    Ele é um lindinho! =)

    ResponderExcluir
  3. ola tenho 1 casal de mini coelho e a femia ta prenha mas ela des q ta prenha come a raçao do meu gato isso faz mal??????
    espero q me respondam...
    bj amanda

    ResponderExcluir
  4. Amanda, as rações para gato não são feitas a pensar nos coelhos... A quantidade calórica, vitamínica, etc, não é a mesma. Não lhe dê ração de gato.

    ResponderExcluir

Escreva aqui as suas dúvidas, comentários, opiniões e temas que quer ver tratados. A sua opinião conta.

LinkWithin