Mensagem das autoras

Bem vindos ao blogue.
Esperamos que encontrem por cá ajuda para os vossos problemas ou para resolver as vossas curiosidades.
Caso não encontrem respostas às vossas dúvidas, não hesitem em escrevê-la num comentário, na Cbox ou num e-mail.
Apesar de termos alguns conhecimentos de saúde, não somos veterinárias e não sabemos diagnosticar os vossos coelhos, assim como não compactuamos com negligência. Casos de doença são para os veterinários.
Não pretendemos afirmar-nos como autoridades, mas sim facultar um local onde se possa aprender um pouco mais.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

A falta de formação dos veterinários

Este é um artigo de opinião, fundamentado em experiências pessoais e de pessoas das minhas relações que têm coelhos como animais de estimação. Quem não concordar com ele está livre de se expressar através de comentários, mas tenho o direito (e irei exercê-lo caso ache necessário) de apagar comentários que usem de linguagem abusiva.


Falando como actual dona de uma coelha e anterior possuidora de outras duas desde há 12 anos para cá, denoto cada vez mais uma falta enorme numa classe tão necessária a quem se encontra na minha situação. Uma grande quantidade de veterinários parece não estar à altura do desafio de atender os coelhos de estimação.

Logicamente não me refiro a todos, e pessoalmente conheço alguns perfeitamente capazes e incrivelmente competentes. O meu problema é com os restantes.

Quem possa ler isto perguntar-se-á provavelmente porque me dou ao trabalho de escrever isto, uma vez que já estou bem servida. A questão é simples: todo este blogue é construído para tentar superar lacunas de informação, lacunas essas que deviam ser primariamente preenchidas pelas pessoas supostamente competentes, e chego a uma altura em que fico um pouco cansada de ver tanta gente mal informada a confiar cegamente nos seus veterinários (e como não confiar quando não se tem informação em contrário?).

A minha questão é a seguinte... Se profissionais como médicos ou farmacêuticos não se podem dar ao luxo de ficar para trás na informação, sendo os veterinários profissionais de saúde também, porque se desleixam? Não pensem os veterinários que não compreendo a posição de terem de saber informação sobre 500mil espécies diferentes e de não gostar tanto de uns animais como de outros. A minha questão é o porquê de não terem a humildade suficiente de dizerem "não sei, mas vá ter com esta pessoa que pode atendê-lo devidamente"?

Porque continuam a insistir em atender animais para os quais não estão capacitados, porque não admitem ter de consultar um livro mais especializado durante uma consulta e preferirem simplesmente atirar respostas para o ar? Como é que um veterinário pode dizer que a recusa de comida se pode dever ao facto de a coelha estar com o cio, quando na verdade as coelhas nem cio têm?

Por esta altura já nem peço tanto ao ponto de querer que os veterinários aprendam mais sobre coelhos. Só peço a humildade de dizerem que não sabem e não condenarem mais coelhos à morte e donos ao sofrimento.

2 comentários:

  1. não é preciso dizer mais nada. tudo dito.

    ResponderExcluir
  2. Você está coberta de razão, pois lendo na internet acabo de ter certeza que minha coelha morreu no sabado por falta de competência de uma pessoa que se disse profissional, em quem eu confiei. Agora nem adianta minha indignação porque ela já se foi.

    ResponderExcluir

Escreva aqui as suas dúvidas, comentários, opiniões e temas que quer ver tratados. A sua opinião conta.

LinkWithin