Mensagem das autoras

Bem vindos ao blogue.
Esperamos que encontrem por cá ajuda para os vossos problemas ou para resolver as vossas curiosidades.
Caso não encontrem respostas às vossas dúvidas, não hesitem em escrevê-la num comentário, na Cbox ou num e-mail.
Apesar de termos alguns conhecimentos de saúde, não somos veterinárias e não sabemos diagnosticar os vossos coelhos, assim como não compactuamos com negligência. Casos de doença são para os veterinários.
Não pretendemos afirmar-nos como autoridades, mas sim facultar um local onde se possa aprender um pouco mais.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Comportamento e idade

Quando os coelhinhos pequenos que trouxemos para casa há uns meses e que agora têm uns 4 ou 6 meses começam a alterar o comportamento, muitas vezes vemos as pessoas a fartarem-se e a decidirem vender ou dar o seu coelho. A verdade é que é algo que se deva esperar quando se adquire um coelho, e este post é uma espécie de guia sobre comportamentos normais na tão terrível "adolescência" dos coelhos.

Roer, explorar, ser hiperactivo. Tudo isto costuma vir com a explosão hormonal que acontece nessa altura e não podemos esperar que não o façam. Mesmo coelhos castrados/esterilizados tendem a fazê-lo, só que eventualmente com muito menor frequência, mas não se pode esperar que um coelho se torne em algo que não seja... bem, um coelho.

O que ouvimos dizer

"Não compreendo, a minha coelha nunca mordeu ninguém e esta semana já levei 4 ou 5 dentadas!"
"Por que é que o meu coelho insiste em correr à volta das minhas pernas? Ele não fazia isso..."
"Estava tão bem ensinado com o WC e agora é só cocós e xixis por todo o lado."
"Nunca roeu nada, por isso estava sempre solto. Quando acordei esta manhã o fio da televisão estava despedaçado e vou ter de comprar uma nova!"
"A minha coelha era tão sossegada e agora passa a vida a escavar, o meu tapete está arruinado."
"Encontrei a minha coelha a arrancar pêlo da barriga e a correr com ele na boca! E agora?"
" O meu coelho era tão querido connosco e agora mal nos deixa tocar-lhe. O que faço?"
"A minha coelha está constantemente a passar o queixo em tudo o que vê. O que quer isto dizer?"

Relembra-lhe alguma coisa? Bem, isto é apenas o normal da adolescência.



Quando acontece?

Esta mudança comportamental pode acontecer num espaço de tempo tão curto que parece simplesmente "do dia para a noite". Nos coelhos anões, estas mudanças podem acontecer logo aos 3 meses, embora o normal seja por volta dos 5 ou 6. Já as raças gigantes têm tendência para só entrar nesta fase um pouco mais tarde, por volta dos 8 meses.
A mudança para a fase adulta dá-se com cerca de 1 ano de idade.

O que fazer?

As duas palavras-chave são: paciência e fase. Apesar de o seu coelho actualmente parecer um terror de 4 patas, quando atingir a idade adulta irá acalmar, mas também não espere que volte a ser o bebé amoroso que era. A melhor solução é a castração/esterilização, e poderá consultar este post para mais pormenores.
Depois é ter paciência e promover um ambiente livre de perigos para o seu coelho e arranjar alternativas para o seu comportamento.

Explicação de comportamentos

Escavar - este comportamento é normal nos coelhos. Se lhe promover um local onde seja encorajado a escavar pode salvar o seu tapete preferido das unhas dele. Experimente arranjar uma caixa com material que encoraje o seu coelho a escavar, vá experimentando.

Roer - para mal dos seus pecados, este comportamento também é normal e muito possivelmente não desaparece completamente com a castração/esterilização. Contudo, se lhe arranjar madeira não tratada e outros objectos com que o seu coelho se possa entreter, poderá ser capaz de controlar o comportamento. Contudo, fios e móveis vão continuar a ser apetecíveis, por isso proteja-os e se necessário use água com vinagre, pois os coelhos não gostam do cheiro.

Marcar território com urina - bem, aqui não é difícil perceber onde querem chegar. O território é seu e portanto marcam-no com o seu odor para que seja identificável por outros. Se tiver mais do que um coelho ou outros animais, é provável que o comportamento seja mais frequente. Aqui a castração/esterilização costuma ser muito eficaz.

Passar o queixo nos objectos e pessoas - esta é outra forma de marcar território, muito comum em fêmeas que não têm tanto o hábito de marcar com urina. Mais uma vez a questão é "isto é meu".

Correr à volta das pernas - quando os coelhos correm em círculos à volta das pernas dos donos, é puro comportamento sexual quase no seu pico. Podem acompanhar estas corridas com barulhos ou até com uns jactos menos amigáveis de urina.

Retirar pêlo da barriga - este é um comportamento típico de fêmeas grávidas, mas também um sinal de que poderá estar com gravidez psicológica. Saiba mais sobre isso aqui.

Desaprender o uso do WC - este pode ser fomentado pela necessidade de marcar território e é muitas vezes completamente resolvido pela castração/esterilização. Uma boa dose de paciência ajuda a ensiná-lo de novo e não o tome como um caso perdido.

Montar - bem, este sim é o impulso sexual no seu pico. E não, não se irá resolver se resolver acasalar uma vez o seu coelho com outro, tire esses mitos da cabeça de uma vez por todas.


A maturidade

À medida que o tempo vai passando, os coelhos adultos têm tendência para serem menos activos. Os coelhos mais velhos têm tendência para se mover mais devagar, saltar menos, mas ainda assim poderão ser ensinados.
Se tiverem total acesso ao WC não irão notar grandes diferenças, mas se a ida implicar saltos e grandes manobras, então pode optar por fazer onde fica mais perto e ignorar os ensinamentos.
Quanto às horas de sono, também têm tendência para aumentar, embora quando acordem estejam ansiosos por comida como sempre estiveram.

35 comentários:

  1. Gostaria de saber se, quando filhotes e adultos costumam dormir de noite ou de dia(assim como os hamsters)?

    ResponderExcluir
  2. Os coelhos são animais crespusculares, mas são capazes de se habituar a rotinas dos donos, por isso podem tanto dormir de noite como de dia.

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa matéria, perfeita!!
    Como sempre, está de parabéns!!

    ResponderExcluir
  4. Olá :)

    Antes de mais parabéns pelo Blog tem sido uma ajuda precisa na educação do meu coelhinho.

    Ele está com quase 7 meses e pronto..está numa destas fases, perdeu o hábito de usar o seu caixote, anda de roda das minhas pernas e marca com urina tudo o que lhe aparece à frente

    Gostaria de saber o que me aconselha, se isto é somente uma fase e passa? não queria castrá-lo mas não sei o que é melhor para ele? queria ajudá-lo..

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Nesta fase e se não o quer mesmo castrar, precisa de uma grande dose de paciência. Leia o tópico sobre litter training e prepare-se para uns meses complicados. Se não tiver mão nele agora vai ter problemas no futuro.

    ResponderExcluir
  6. Ana, uma dúvida me surgiu... minha coelha começou a passar o queixo nas coisas, tudo bem... mas ela também corre à volta das pernas as vezes, isso é um comportamento exclusivo do macho ou tudo bem? Desde já agradeço!

    ResponderExcluir
  7. Normalíssimo em fêmeas, a minha faz o mesmo ;)

    ResponderExcluir
  8. Olá. Estou na esperança que me ajude numas coisinhas.
    É em relação ao comportamento do meu coelho, em dois aspectos. Ele tem 2 meses e meio, ja esta comigo desde que tinha 1 mês.
    Ele sempre foi muito asseado em relação às fezes e a urina, pelo menos em comparação com o meu antigo coelho, que deixava cocos por todo o lado, no chao. Mas tal como o outro coelho, ele gosta muito de urinar e deixar bolinhas em tudo o que é fofinho: a minha cama, a cama dos gatos, um tapete... Mas eu já li o topico sobre litter training, e ja tentei fazer de tudo, mas nao parece mesmo funcionar.
    O outro aspecto é que... Bem, ele tentou montar a minha gata, e eu acho que ele é muito novo, com 2 meses, pelo menos pelo que li neste topico. Mas o que é certo é que lá tentou montar.
    Ah e outra coisa, é que ele ultimamente começou a roer tudo o que lhe aparece à frente. Parece uma adolescencia precoce! lol

    O que me aconselha fazer? Nao é muito cedo para castra-lo?

    ResponderExcluir
  9. Olá Sara.

    Sim, ainda é muito cedo para castrar, a maioria dos especialista prefere fazer apenas a partir dos 6 meses.

    Se me puder dizer exactamente o que fez no litter training talvez eu possa ver se houve alguma coisa que falhou ou se tem mesmo um coelho teimoso.

    Quanto a roer, o ideal é oferecer alternativas e vigilância constante. Eu sei que não é fácil e às vezes não resulta, eu aqui há uns tempos fiquei com um par de sapatos acabados de comprar com uns furinhos interessantes :P

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pela resposta Ana, e peço desculpa pela demora.

    No litter training nao tive que fazer grande coisa, porque desde que lhe pus a caixa na gaiola, ele sempre fez lá e sabe que tem que fazer lá. O pior é que quando está à solta, quando lhe dá vontade dirige-se ou à minha cama ou à cama dos gatos.
    E é impossivel, tenho que estar sempre a lavar a colcha, e a cama dos gatos também.
    O que eu fazia no inicio quando o via era tira-lo e punha de castigo na gaiola, mas como nao pareceu resultar, esqueci o castigo.

    Agora quando ele salta para a minha cama e dou um grito e faço gestos para ele descer e ele já sabe, desce logo.

    Já tentei a técnica do vinagre, mas também nao resultou (isto foi no tapete, porque não vou por vinagre na minha cama, como é óbvio) mas o tapete já deixou de fazer, o pior é a minha cama, porque eu não estou a vigiá-lo todos os segundos, às vezes vou à cozinha buscar uma coisa, ou vou à casa de banho, quando volto pronto, já tenho que trocar os lençóis.

    Não sei que treino mais possa fazer, mas se me puder ajudar, ficava muito agradecida.
    Mais uma vez, peço desculpa pela demora, e obrigada pela atenção. Bom fim de semana :)

    ResponderExcluir
  11. Olá de novo, Sara.

    Bem, a mim parece-me que o problema é mesmo a falta de litter training. Ele habituou-se a fazer as necessidades num determinado local, mas não aprendeu que é errado fazer noutros locais.

    Vai ter de lhe dar uma lição de litter traning em espaços progressivamente maiores. Tente limitá-lo a um espaço mais pequeno e fazê-lo entender que fazer as necessidades noutro sítio que não o WC é errado.

    O tapete é um bom utensílio, colocá-lo no primeiro local de treino vai servir como local proibido.

    E o melhor é prendê-lo imediatamente sempre que ele fizer xixi fora do sítio, repreendê-lo com um NÃO e recompensá-lo quando ele estiver no tapete sem fazer as necessidades.

    E provavelmente é boa ideia arranjar uma protecção de plástico para a cama enquanto está nesse processo.

    ResponderExcluir
  12. oi, bom eu não sei o que fazer sabe ? eu comprei meu coelho domingo, mais ele faz suas fezes por todos os lados, isso é da idade ou não ? e como eu fazeria para conseguir com que ele só fizesse as suas necessidades em um determinado lugar ? se puder me ajudar agradeceria
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Comprei um coelho anão recentemente (o vendedor disse que era um toy mas não sei se acredito) e foi-me dito que deveria ter uns 3 meses. Pelo que me tenho apercebido ele só faz as necessidades dentro da gaiola. Já escolheu um cabtinho para a urina, mas defecar isso é pela gaiola toda (só escapa a cama e os comedouros). Isso é normal?

    ResponderExcluir
  14. É bastante comum, tem de o ensinar a fazer os cocós no sítio.

    ResponderExcluir
  15. Como posso saber a idade do coelhinho? Ele està conosco hà uma semana> È um lionhead>

    ResponderExcluir
  16. Pode enviar-nos fotos para o mail, podemos tentar ver.

    ResponderExcluir
  17. Haha! o Ozzy sempre foi um paz de alma mas a adolescência da Mimi foi de rir. Quando estavamos as duas no sofá a ver televisão, volta e meia vinha andar a minha volta e cheirar o braço e fazer aquele "Fum" "fum!" com o nariz colado a mim, depois montava-me o braço e ainda me prendia com os dentes como os machos. Uma vez senti um jacto, olhei para o lado, estava ela em pe, a fazer xixi para mim, nem pensei que fosse possivel, mas sim. Lá estava ela, com aquela pose de super.heroína! Depois eram xixis no sofa, xixis na minha cama, ataques sem propósito... Após um período de imensa paciência e de persistência da minha parte, ficou melhor ainda que o que era. Agora tem 2 anos e algum tempo depois da adolescencia dela, eu estava a estudar fora. Nas alturas em que não a levava comigo, ouvia a minha foz no telefone da minha mae e punha-se em pe, corria tudo x) Quando voltava no fim de semana, lambia-me toda e andava atras de mim para todo o lado, sempre a dar.me turras para pedir mimo. Agora que voltei à base continua uma docinha. O Ozzy sempre foi muito tímido, porque a Mimi é dominante e quanto atingiu a maturidade não deu para se afirmar porque após duas ninhadas foram separados e ele castrado. Depois da castração continua submisso, mas em relação a mim está muito mais meigo e interactivo. Apesar de submisso, não há entre eles uma ordem de grooming estabelecida, es´tão constantemente a pedir e a dar lambidelas um ao outro ^.^
    Obrigada pelo convite, mas como deu para ver já estou viciada xD

    ResponderExcluir
  18. Registei-me no oca forum como silvia teixeira.

    ResponderExcluir
  19. ola o meu coelho faz ruidos raros enquanto dorme tal como coisas raras sera normal como se estivesse a sonhar

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde.

    Tenho um coelhinho (supostamente anao) que ja esta com 8 ou 9 meses mas não entrou ainda na fase da adolescencia...

    Ele tem um bocadinho de mau feitio, nao gosta que eu invada o espaço dele, mesmo que seja para por comida na gaiola começa a reclamar comigo.

    Em relaçao a colo...bem...eu queria habitua-lo a ser mais sociavel cmg pq ele tem medo de ser pegado, no entanto adora a minha gata e nao tem nenhum medo dela.

    E normal ele ainda nao ter esses comportamentos?

    E gostaria de saber mais algumas dicas que me possam ajudar a relacionar-me melhor com ele. Queria que ele tivesse confiança em mim. Ja li os outros post todos...

    ResponderExcluir
  21. Se me puder esclarecer o significado de barulho e coisa rara talvez o possa esclarecer...

    ResponderExcluir
  22. Há coelhos que têm uma fase mais crítica ou mais fácil de notar, outros nem tanto.

    Quanto ao colo, há coelhos que simplesmente não gostam de colo e não é a obrigá-lo a estar no seu que vai conseguir que seja mais sociável. Já leu o post sobre como conquistar o seu coelho?

    ResponderExcluir
  23. Ana, ganhei uma mini coelha "Rebek" uma fofa tem apenas 01 mês, solto ela pela casa 2 vezes ao dia, sendo no meu horário de almoço e a noite quando estou em casa.O meu unico problema são as mordidas dela o que posso fazer para melhorar, pois ela gosta de colo, lambe a gente, mas as vezes morde.Obrigada desde já pela ateñção de seu blog muito bem montado.

    ResponderExcluir
  24. Terá de se impor. Tem de a castigar para que ela perceba que a Vânia é que manda e não ela. 1 mês é demasiado cedo para estar longe da mãe..

    ResponderExcluir
  25. ola. estive a ver o vosso blog mais uma vez, pois venho aqui de vez em qdo. os meus parabéns desde já.
    hj decidi escrever. o fds passado a mnh coelha, chama-se piggy (achei o nome giro apesar de ser estranho...lol), foi vacinada contra a febre hemorragica e esta semana ficou com comportamentos estranhos. sp foi mto asseada e brincalhona e agora faz cocos em td o lado e arrancou, no outro dia, uma bola de pêlo.
    será q posso achar q é uma gravidez psicológica, ou a passagem para a vida adulta pois ela está quase a fazer um ano ou posso achar que será um qq efeito secundário da vacinação?
    obrigada pela atenção.
    beijihos

    ResponderExcluir
  26. Poderá ser, como indicou, uma gravidez psicológica. De que zona arrancou o pêlo ? Fez alguma espécie de ninho ?

    ResponderExcluir
  27. Ola. parabens desde já pelo blog q esta bastante informativo. Gostava de fazer uma pergunta q apenas pelo q li não fiquei completamente esclarecido. Comprei a 3 dias um coelho anão e ofereci a minha mãe. Ele tem por volta de 1 mês de idade e é meiguinho apesar de não ser nada timido. Digo isto pq se adaptou bem as pessoas e a casa logo mal entrou a porta dentro. O q estou a achar estranho são 2 coisas. a 1ra é q ele está sempre de olhos abertos e ainda não o vi com eles fechados nem qd estamos a dar festinhas nem nada o q acho estranho pq a minha namorada tem um coelho com 4 meses e é uma paz de alma e claramente adora festinhas e mete se todo mole para receber caricias. e a 2da coisa é q o malandro dá-lhe para morder; nao são mordidelas fortes e dá apenas qd lhe estamos a fazer festinhas e temos a mão a frente da boca; ele começa sempre por dar lambidelas(umas 4 ou 5) e depois PIMBA, uma mordidela. mas só se tivermos la a mão mesmo a espera de lambidelas senão não morde. Ele tb é bastante "hiperactivo" sempre a correr ca em casa de um lado para o outro e a espreitar de pé par a rua através da porta de vidro e tb está sempre a roer tudo(até os meus tenis). Serão estes comportamentos por ainda ser novo? irá amansar? é q o da minha namorada é mt calminho e nunca mordeu e passa a vida a dar beijinhos sem parar mas sem morder. Infelizmente não sei dizer o sexo de nenhum dos 2. Ainda n é perceptivel. mas o meu pequeno hoje passou o dia todo a lamber o da minha namorada q se deixava ficar quietinho na boa. deram-se bastante bem. obrigado.

    ResponderExcluir
  28. Quero agradecer desde já os elogios ao nosso trabalho, muito obrigada.
    Em relação às perguntas em concreto: 1 mês de idade é muito pouco, com essa idade o coelhinho deveria estar com a mãe e com os irmãos. Só se deve retirar os coelhos com 2 meses de idade, para que possam ganhar força e fortalecer o sistema imunitário.
    A questão dos olhos abertos é normal. Enquanto ele não se sentir seguro, é provável que continue a ter sempre os olhos abertos. Não se assuste pois os coelhos conseguem dormir com os olhinhos abertos e há muitos que o fazem.
    Em relação às mordidas e ao facto de ele morder, pode ser normal. Muitos coelhos dão mordidinhas de carinho, como forma de dizer que gostam dos donos. São as chamadas mordidas de amor.

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    tenho duas coelhas anãs, uma tem 2 mêses e está conosco a duas semanas e a outra tem 3 mêses e está conosco a quatro semanas. As duas se adaptaram super bem às pessoas e ao ambiente muito rápido. A coelha mais velha (Dana) está com comportamentos estranhos que ela nunca teve, como a preguiça, deitar totalmente esparramada na gaiola como se fosse um cachorro, não mostra tanto interesse em sair como antes e não deixa a outra coelha (Ruana) comer enquanto ela come. Estou preocupada porque lendo o blog estou achando que está doente, mesmo eu não achando isso possível, pois sua saúde é forte e suas condições de vida em minha casa são muito boas mesmo. Ajude-me se possível, aguardo resposta!
    obrigada desde já, beijos!!
    ps: adoro o blog, me ajuda muito!

    ResponderExcluir
  30. Isa, pode ter a ver com a idade. Os coelhos mudam o seu comportamento ao crescer. Tenha em atenção que as coelhas podem vir a dar-se mal.

    ResponderExcluir
  31. tenho um fuzzy lop que vai fazer 3 meses no dia 22 de agosto, ele é bem danado e ativo, adora brincar com o meu filho de 4 anos, é só o meu filho por os brinquedos no chão para brincar que ele começa a correr e pular, estou com medo que ele entre na adolescência e comece a atacar, como isso funciona? eles podem morder muito forte? o fato dele ser muito bagunceiro hoje indica que ele vai ser agressivo na adolescência? e com que idade isso acontece?se não puder castra-lo tem como educa-lo nessa fase? se puderem ajudar agradeço muito, estamos apaixonados por ele, ele fica solto em casa, e na gaiola só a noite, não temos outro animal, obrigada. se a adolescência for só urina e montar tudo bem, só tenho medo que morda e quero saber o que fazer se isso acontecer.

    ResponderExcluir
  32. Leia pf o seguinte artigo:
    - http://ocoelhoanao.blogspot.com/2009/06/faqs.html
    Se continuar com alguma dúvida, contacte para o nosso e-mail ocoelhoanao@gmail.com

    ResponderExcluir
  33. Olá boa noite!
    Tenho uma questão relativamente à minha coelha. Vai fazer 4 meses e está a começar a ser rebelde, como costumamos dizer aqui em casa. Desobedece, vai pra trás dos móveis a dar-nos "gozo", etc. Mas o que tem acontecido com muita frequência é que ela às vezes morde quando lhe estamos a colocar o feno dentro da gaiola. Metemos lá o braço e ela como está lá dentro e quer sair... e a única passagem está obstruída pelo braço/mão... ela zás, morde. Eu não sei como a castigar, uma vez que ela já está dentro da gaiola. Ralhar já não funciona... :(
    Outra coisa que acontece muito é ela às vezes, quando está a caminhar, faz barulho com as patas, não sei explicar. O chão é parquê e ela escorrega quando corre :) mas às vezes quando apenas caminha parece que faz um barulho estranho, como se estivesse a bater com a pata no chão, mas não está! É normal?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  34. Xana, em relação ao morder... É um hábito terrível e bastante complicado de se tirar. Primeiro que tudo, ela precisa de ganhar a sua confiança. A mim parece-me que morde por estarem a "invadir" o território dela, a gaiola. Em relação ao barulho, são as unhas a bater no chão. Verifique se não estarão muito grandes..

    ResponderExcluir

Escreva aqui as suas dúvidas, comentários, opiniões e temas que quer ver tratados. A sua opinião conta.

LinkWithin