Mensagem das autoras

Bem vindos ao blogue.
Esperamos que encontrem por cá ajuda para os vossos problemas ou para resolver as vossas curiosidades.
Caso não encontrem respostas às vossas dúvidas, não hesitem em escrevê-la num comentário, na Cbox ou num e-mail.
Apesar de termos alguns conhecimentos de saúde, não somos veterinárias e não sabemos diagnosticar os vossos coelhos, assim como não compactuamos com negligência. Casos de doença são para os veterinários.
Não pretendemos afirmar-nos como autoridades, mas sim facultar um local onde se possa aprender um pouco mais.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Como conquistar o seu coelho

Está à procura daquela fórmula mágica para conseguir que o seu coelho goste de si? Quer que o seu coelho não tenha medo de si? A fórmula mágica existe, e chama-se paciência.

Muitas pessoas ficam desiludidas e tristes quando o seu novo coelho chega a casa: em vez de ser o animal brincalhão e expressivo que esperavam, ele limita-se a olhar para o novo dono de dentro da gaiola sem se mexer. E então quando tentam mexer-lhe ou, ainda pior, pegar-lhe, é o descalabro total... Esperneiam, fogem, escondem-se...


Por isso se quer que o seu coelho se sinta bem consigo, aqui vão alguns passos que deve respeitar para ganhar a confiança do coelho:
  • Não abuse do seu espaço - Ao chegar a casa coloque-o na nova gaiola para que se habitue ao espaço, certificando-se de que tem ração, feno e água à disposição. Não tente mexer nele nem fazer-lhe festas, pois ele precisa de definir o seu território primeiro.
  • Deixe a porta da gaiola aberta - Quando o coelho se habituar à nova gaiola, vai estar ao mesmo tempo desejoso e receoso de explorar o espaço além dela. Não o obrigue a vir para fora, ou facilmente ele se colará ao chão sem se mexer ou fugirá para um canto. Deixe a porta da gaiola aberta para que ele saia quando se sentir confiante.
  • Não o faça sentir-se ameaçado - Se o coelho tiver finalmente saído da gaiola para explorar o resto da casa e você imediatamente for atrás dele, o mais certo é que corra para trás e volte a ir para a gaiola. Se ele está a explorar a casa, desde que devidamente seguro, deve deixar o coelho andar à vontade sem fazer movimentos bruscos ao pé dele.
  • Deixe-o conhecê-lo - Sente-se ao nível dele a fazer qualquer coisa como ler um livro, ver um filme, trabalhar no computador, etc (pois pode apanhar uma valente seca à espera). Se o seu coelho se sentir confiante, depois de conhecer o novo território vai querer conhecê-lo. Deixe-o aproximar-se à vontade, cheirá-lo e saltar-lhe para cima. Mais uma vez não o tente agarrar, pois ao sentir-se ameaçado vai identificá-lo como "objecto suspeito".
  • Suborne o seu coelho - Nada melhor para incentivar o coelho a aproximar-se e considerá-lo seguro do que um pouco de suborno alimentício. Pegue no alimento preferido dele e coloque-o ao pé de si. Se conseguir, faça-lhe umas festas para que associe esse acto ao prazer de comer, mas apenas quando ele já não o estranhar.
Se pensa que isto acontece em três dias, normalmente está enganado. Pode levar mais do que uma semana a conseguir conquistar a confiança dele, mas eventualmente ele irá apreciar a sua companhia. Contudo, lembre-se que nem todos têm os mesmos hábitos ou necessidades afectivas, e tanto pode ter um coelho que adora colo e mimos (raro) como um que só vai quando lhe apetece.

24 comentários:

  1. Olá Ana,

    fiquei com uma dúvida:

    - Depois do coelho estar habituado ao dono novo, como é que o devemos habituar a outras pessoas ?

    um bjinho , mar.

    ResponderExcluir
  2. Se possível, o ideal é teres pessoas que circulem pelo espaço onde o coelho se encontra. Habitua-se aos diferentes cheiros e a partir daí depende da personalidade do coelho. Contudo, as regras básicas são sempre as mesmas, sendo que a mais importante é não abusar, deixando o coelho decidir o seu timing.

    ResponderExcluir
  3. então devo, p.ex., habitua-lo primeiro a mim e depois aos outros ?
    é que qdo tiver o coelhinho gostava de levar os meus amigos a casa para o poderem ver, tenho é receio que ele não se sinta confortável..

    ResponderExcluir
  4. Eu preferi fazer uma adaptação gradual, embora mantivesse os cheiros de outras pessoas por ali. Preferi habituá-la primeiro a mim e ao meu namorado e só depois passei a outras pessoas. O problema é que a tendência das outras pessoas é pegar logo nele e fazer festas...

    ResponderExcluir
  5. ok. então vou fazer isso. não quero que ele fique muito tenso enquanto não se habituar à nova casa.

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Acabei de adotar um coelho anão, mas não sei qual a raça dele, só sei que ele já é adolescente...
    Sou nova nisso, e estou em busca de todas as informações e dicas possíveis para que meu Theodore seja muito bem cuidado e feliz!
    Quero ensiná-lo a usar o bebedouro automático (aquele de biquinho) mas não sei como, pois ele está acostumado a usar um bebedouro de tigelinha... como devo fazer?

    ResponderExcluir
  7. Deve tentar ensiná-lo, por exemplo molhando lá o dedo e deixando-o aperceber-se disso. Ou esfregar um alimento de que goste à volta da saída de água (tendo cuidado de lavar passado pouco tempo para não azedar caso sejam alimentos frescos).

    ResponderExcluir
  8. o meu coelho esta parecendo um pouco sozinho, ele é macho e eu estou pensando em comprar outro macho por que eu nao quero criar uma ninhada de coelhos mas eu nao sei se eles vao brigar.

    a o meu coelho ainda nao e adulto

    ResponderExcluir
  9. Dois machos não castrados é briga na certa. Aliás, qualquer par de coelhos que não tenha sido esterilizado dá briga, com a desvantagem que um casal além de briga traz também ninhadas a cada mês e uma coelha morta por exaustão ao fim da segunda ou da terceira.

    Antes de considerar adquirir outro coelho, castre esse primeiro.

    ResponderExcluir
  10. ola ana gostaria de saber se os coelhos nao gosta de latidos de cachorro
    pois eu teno 4 e vc deve saber cachorro late muitoo entao gostaria de saber.bj

    ResponderExcluir
  11. sindy, já houve coelhos a morrerem de ataque cardíaco com o susto de latidos, por isso é melhor ter muito cuidado.

    ResponderExcluir
  12. Adquiri uma fuzzy lop, nas duas primeiras semanas ela estava ótima, de repente começou a pular na gaiola e fazer um barulhinho esquisito para que não a pegasse, ficou assim umas tres semanas, e eu tinha medo de forçá-la e ela me machucar ou acabar-se machucando tbm. Resultado levei-a de volta a criadora ...será que toda coelhinha é assim? O que eu poderia ter feito? Ela era bem branquinha, de olhos vermelhos, estou com pena dela e quase buscando-a de volta. Ela tem 04 meses.

    ResponderExcluir
  13. bem, não pode desistir assim. os coelhinhos são como as crianças. é preciso tempo e confiança.

    ResponderExcluir
  14. Gostaria de comprar umas grades igual a da foto desta reportagem, como faço para adquirir uma.

    ResponderExcluir
  15. katyna, tente nas lojas online que vendem produtos para animais.

    ResponderExcluir
  16. coomo posso saber se o meu coelho irá crescer ou não ?

    ResponderExcluir
  17. Crescer, cresce sempre. Pode enviar fotografias para ocoelhoanao@gmail.com para lhe dar a minha opinião.

    ResponderExcluir
  18. ola ana eu tenho um coelho ele era extremamente meigo calminho etc a uma semana atras como ele ja estava grandinho comprei uma gaiola nova tudo correu bem ate a uns dias atras ele esta muito agressivo nao deixa ninguem lhe pegar se me aproximo com algum alimento ele (ataca) com as patas e comeca a guinchar ate ja tentou me morder nao sei a razao de tal atitude estou muito preocupada o que acha que aconteceu e o que fazer

    ResponderExcluir
  19. Isa, que idade tem o seu coelho ?

    ResponderExcluir
  20. quero saber por que ás vezes o meu coelho joga xixi nas pernas das pessoas?

    ResponderExcluir
  21. O meu Soren parece que se acostumou com a nova família desde que chegou! Ele chegou em minha casa com exato 1 mês e nunca esperneou ao ser pego, e sempre faz festas com meus pais, minha irmã e com meu namorado quando se aproxima da gaiola! Quando está solto sempre quer brincar, se aproximando dos nossos pés e correndo meio de lado e parando logo em seguida pra ver nossa reação! Ele nunca quer estar só! Tenho que cantar a noite pra ele dormir!

    ResponderExcluir
  22. Olá! Achei este vídeo bem interessante e achei que poderia ajudar os leitores! Espero que gostem! http://www.youtube.com/watch?v=jdt0XKNlfRY&NR=1&feature=fvwp

    ResponderExcluir
  23. Jordan, é um comportamento típico de marcação de território.

    ResponderExcluir

Escreva aqui as suas dúvidas, comentários, opiniões e temas que quer ver tratados. A sua opinião conta.

LinkWithin